Tempo, Espaço E Mundo No Jovem Fink

Autores

  • Marc Richir

Palavras-chave:

Despresentificação, Recordação, Rememoração

Resumo

Nesse artigo visionário, Marc Richir apresenta – talvez pela primeira vez na história da recepção da obra de Eugen Fink – uma leitura detalhada e ao mesmo tempo abrangente das inovações com as quais o jovem Fink já anunciava sua reviravolta nas análises da consciência husserliana e na fenomenologia em geral. Ele parte das propostas de Fink em sua tese de doutorado, Presentificação e Imagem, e de algumas notas de trabalho da mesma época (1929-1930), ainda inéditas em português.

Biografia do Autor

Marc Richir

Referência da publicação original: Richir, M.
Temps, espace et monde chez le jeune Fink. Em
M, Richir & N, Depraz (1997), Eugen Fink. Actes
du Colloque de Cerisy-la-Salle. 23-30 juillet 1994. (pp.
27-42). Amsterdam: Rodopi. Tradução do francês
por Anna Luiza Coli, José Fernandes Weber e
Giovanni Jan Giubilato.

Publicado

2020-12-22

Como Citar

Richir, M. (2020). Tempo, Espaço E Mundo No Jovem Fink. Phenomenology, Humanities and Sciences, 1(3), 414-423. Recuperado de https://phenomenology.com.br/index.php/phe/article/view/59