Meditação Mindfulness E Gestalt- Terapia: Um Encontro Possível Para A Saúde Humana

Autores

  • Andrea Loss Nunes
  • Mariane Lima de Souza

Palavras-chave:

Meditação Mindfulness, Gestalt-terapia, Prática clínica

Resumo

A Meditação Mindfulness vem sendo associada ao aumento do bem-estar subjetivo, à redução da reatividade emocional e à regulação do comportamento. Por sua vez, a Gestalt-terapia, tradicionalmente, tem a autoconsciência e a experiência presente no aqui e agora compondo sua proposta teórico-prática. Nesse sentido, o objetivo deste estudo foi identificar possibilidades de interlocução teórico-práticas entre a técnica Meditação Mindfulness e a abordagem psicológica Gestalt-terapia. Buscou-se identificar, comparar e contrastar os termos comuns e conceitos encontrados em seus respectivos arcabouços teórico-práticos. Apesar desses conceitos terem seus significados constituídos em suas diferentes teorias, foi possível identificar pontos de interlocução entre as propostas teórico-práticas. A autoconsciência integradora, a autoconsciência funcional e a autorregulação espontânea são os três eixos que demonstram a interlocução e que indicam um encontro entre a Meditação Mindfulness e a Gestalt-terapia.

Biografia do Autor

Andrea Loss Nunes

Doutora em Psicologia

Mariane Lima de Souza


Doutora em Psicologia

Publicado

2020-04-06

Como Citar

Nunes, A. L., & Souza, M. L. de. (2020). Meditação Mindfulness E Gestalt- Terapia: Um Encontro Possível Para A Saúde Humana. Phenomenology, Humanities and Sciences, 1(1), 152-176. Recuperado de https://phenomenology.com.br/index.php/phe/article/view/13