Sobre O Problema Da Experiência Ontológica

Autores

  • Eugen Fink

Palavras-chave:

Fenomenologia, Fink, Ontologia

Resumo

A filosofia atualmente vigente na Alemanha encontra-se na urgência de uma reviravolta. Isso não diz respeito a uma aporia ou a um constrangimento do espírito humano, dos quais finalmente novas e radicais questões pudessem ser despertadas, assim como uma revolução no modo de pensar. Nesse sentido, todo pensar autêntico já se encontra desde sempre e por toda parte em uma tal urgência. Isso tampouco diz respeito à tragédia histórico-espiritual da Europa, à entonação niilista do espírito de época. A filosofia, justamente porque capta um momento determinado em seu pensamento, não pode jamais se reduzir à mera expressão de uma época, a um sintoma de uma cultura ascendente ou decadente...

Biografia do Autor

Eugen Fink

Eugen Fink (1905-1975), Filósofo alemão, nascido em Constança, estudou em Münster, Berlim e Freiburg, doutorando-se nesta última, sob orientação de Edmund Husserl. Posteriormente foi seu assistente e – ao lado de Ludwig Landgrebe e H.L.Van Breda – um dos responsáveis por salvar os manuscritos de Husserl, tendo sido um dos principais fundadores dos Arquivos Husserl em Louvaina, Bélgica. Desenvolveu sua obra como uma terceira via em relação às filosofias de Husserl e Heidegger, dialogando diretamente com a tradição filosófica alemã, dentre os quais Kant, Hegel e principalmente Nietzsche. Após a morte de Husserl e como professor pela Universidade de Freiburg im Breisgau, Fink desenvolveu sua filosofia cosmológica, cujas bases se colocam na confrontação com a tradição metafísica e mais especificamente com a proposta heideggeriana de crítica à metafísica. Aí também ele se propõe como uma alternativa à filosofia de Heidegger. Algumas obras: Vom Wesen des Enthusiasmus, Freiburg, 1947. Nachdenkliches zur ontologischen Frühgeschichte von Raum - Zeit -Bewegung, Den Haag, 1957. Alles und Nichts, Den Haag, 1959. Spiel als Weltsymbol, Stuttgart, 1960. Nietzsches Philosophie, Stuttgart, 1960. Metaphysik und Tod, Stuttgart, 1969. Heraklit. Seminar mit Martin Heidegger, Frankfurt/Main, 1970

Publicado

2020-04-06

Como Citar

Fink, E. (2020). Sobre O Problema Da Experiência Ontológica. Phenomenology, Humanities and Sciences, 1(1), 200-203. Recuperado de https://phenomenology.com.br/index.php/phe/article/view/16